Depois de uma disputa legal, o craque Maradona foi suspenso de aparecer em FIFA 22

Diego Armando Maradona, um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos, teve sua imagem e avatar suspensos de FIFA 22 após uma disputa judicial. Em uma mensagem que aparece quando os jogadores iniciam o jogo, a EA afirma: “Devido a uma disputa legal de terceiros, devemos suspender Diego Maradona de aparecer em FIFA Ultimate Team Packs, Ultimate Draft e Soccer Aid World XI team. Assim, Diego Maradona Icon Items não será mais disponibilizado em Packs, SBCs e FUT Draft, e sua faixa de preço foi corrigida até novo aviso.”

“Compartilhamos a decepção de nossos torcedores e esperamos trazer um dos maiores ícones do futebol de volta ao jogo em algum momento no futuro.”

FIFA 22: Maradona será removido do jogo, revela leaker

A questão parece resultar de um debate sobre quem possui os direitos de imagem de Maradona, com um tribunal argentino decidindo no ano passado que a EA potencialmente negociou com a parte errada e que teve que remover Maradona do jogo até que pudesse ser determinado quem deveria tratar da imagem do craque.

De acordo com uma reportagem do site de notícias argentino Infobae, em novembro de 2021 o tribunal considerou que a EA havia assinado um acordo comercial com Stefano Ceci, ex-empresário do jogador. No entanto, o tribunal chegou à conclusão de que Ceci não tinha autoridade legal para fazer tais negócios e não foi capaz de provar que tinha.

O debate em torno de quem detém os direitos da imagem de Maradona continua cheio de controvérsias. O advogado de Maradona, Matias Morla, afirma que Maradona havia concedido os direitos da marca ‘Diego Armando Maradona’ à sua empresa Sattvica antes de sua morte.

Em março de 2021, Sattvica foi proibido de usar as marcas de Maradona, após uma queixa apresentada por duas filhas de Maradona. A proibição foi revogada no final daquele ano, mas as filhas de Maradona e Morla continuam travando uma guerra amarga sobre quem detém os direitos do jogador.

Diego Maradona é removido do FIFA 22 | Adrenaline

No processo judicial de novembro de 2021, o juiz Marcelo Gota disse ser “adequado conceder a medida cautelar destinada a impedir o uso da marca em suposta violação de direitos de marca”.

Ele decidiu que a EA deve tomar “a medida cautelar solicitada para cessar imediatamente o uso das marcas indicadas por qualquer meio que esteja sendo realizado”, até que se possa determinar quem realmente detém os direitos de Maradona.

Convém adotar a medida necessária, até que sejam esclarecidos os direitos de cada uma das partes no processo ao titular dos direitos”, afirmou o juiz. Até que a situação seja resolvida, quando se trata de FIFA 22, Maradona terá que continuar sentado no banco.

E aí, acha que isso pode vir a afetar o game de alguma forma? Comente com a GAMER_na_real!

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
O que achou desta notícia? Comente...x